• Rodrigo Saminêz

PWR Records lança campanha de apoio à artistas mulheres

A campanha foi feita exclusivamente para mulheres não-brancas

Na foto: Tori, por Fernanda Teles

A PWR Records, selo exclusivo de mulheres, já rodou o Brasil com artistas como Tori, Troá, Def, LUMANZIN, Chico de Barro, Tøsca, Musa Híbrida e Victoria Saavedra. Agora, o próximo passo do selo é uma campanha de financiamento coletivo no Apoia-se, que contribuirá com o caixa e os custos de produção de seu catálogo de artistas, trazendo mais estabilidade num contexto tão incerto para artistas. As contribuições começam com valor mínimo de 2 reais.



“Acreditamos em formas de auto-sustento coletivo, uma delas sendo de assinatura / financiamento recorrente. E dessa premissa surge esse projeto: a PWR abre um Apoia-se - a partir de apenas R$ 2 você colabora para que pelo menos 6 bandas possam contar com um pequeno fundo para organização de carreira, além da manutenção de projetos proprietários do selo-produtora”, conta Letícia Tomás, uma das fundadora do projeto, atuante nas partes de produção e de visuais. Para além do selo, a PWR também se configura enquanto podcaster, com o "PWRCast", streamer na Twitch, com o programa "Espelha", e produtora de conteúdo nas redes sociais, mais especificamente no IGTV, onde a PWR inicia, agora em dezembro, debates com profissionais da música sobre backstage e bastidores.