• Rodrigo Saminêz

Lianne la Havas renasceu em seu disco autointitulado

Guitarrista e cantora britânica lança seu disco mais maduro e se apresenta mais confiante que nunca


Quando não é o primeiro lançamento de uma carreira, um álbum autointitulado pode causar um certo estranhamento. Geralmente, discos com essa proposta vêm na ideia de se afirmar como artista e marcar o nome do projeto ou do músico no mundo da música. Lianne la Havas sabe bem o que simboliza um lançamento que leva seu próprio nome, e escolheu fazer isso no terceiro disco da sua carreira. Logo fica claro que as 11 canções que compõem a obra mostram Lianne em seu estado mais natural. Seu álbum autointitulado é o marco de sua autoconfiança artística, aonde a artista se mostra, ao mesmo tempo, confortável em estúdio com um profissionalismo e qualidade técnica inquestionáveis, mas também aparece no seu formato mais íntimo, como se o estúdio fosse sua própria casa, e ela estivesse recebendo seus ouvintes para um chá da tarde (bem no modelo britânico) e se apresentando específicamente pra você. Prova disso, são os clipes do disco lançados até agora, que são ou a artista em sua própria casa, alguns inclusive filmados por ela mesma, ou em estúdio.


O disco começa com Bittersweet, prinmeiro single do disco, e já traz pistas sobre o que vai acontecer nas próximas faixas. A canção funciona como uma espécie de renascimento (Bittersweet summer rain/ I’m born again) e de recomeço, aonde Lianne abre espaço para tratar de temas como sexualidade e sensualidade (Read my Mind), fragilidade e exposição (Seven Times, Please Don't Make me Cry), tudo embalado no mais belo soul, com uma pegada mais alternativa, que fazem as vozes e as guitarras da musicista soarem ainda mais únicas e expressivas. Pra terminar os trabalhos do disco, a artista resume todos os seus aprendizados e declara como vai encarar as coisas daqui pra frente, e canta "I’m done with settling for so much less than I deserve", em Sour Flower, abraçando todas as descobertas que ele teve após seu renascimento. Ouça o excelente "Lianne la Havas" no player abaixo:



  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Spotify
  • Deezer
  • iTunes

Todos os direitos reservados | Boteco Indie™.