• Rodrigo Saminêz

Dandara Manoela celebra a força da união de mulheres negras em "Pretas Yabás"

Musicista trouxe mulheres pretas não só para os centros urbanos, mas também para o centro da arte.

Foto: Bolívar Alencastro

Cantora compositora de Campinas radicada em Florianópolis, Dandara Manoela chamou as orixás femininas para um grito de força em "Pretas Yabás", ressaltando a resistência forte presente no coletivo, e não só na busca, mas principalmente da conquista de posições de destaque e protagonismo do mesmo grupo. A canção também contou com um clipe, gravado em Florianópolis, que traz uma visão precisa e intensa das tradições negras e da poesia e manifestação cultural das mulheres pretas nos centros urbanos.



"‘Pretas Yabás’ aborda o deslocamento simbólico das mulheres negras da base da pirâmide social, do lugar mais silenciado e negligenciado, para o centro, o foco. Faz menção ao espaço que elas vêm ocupando, com muito esforço e luta diária, para serem ouvidas, terem mais acessos e direitos garantidos", conta Dandara Manoela. "A música é um lembrete de que todas as mulheres negras são rainhas, eram em África e continuam sendo aqui”, complementa Renata Schlickmann, produtora executiva do projeto. A produção musical é assinada por Érica Silva (Mulamba) um dos maiores nomes da música de Curitiba.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Spotify
  • Deezer
  • iTunes

Todos os direitos reservados | Boteco Indie™.