• Rodrigo Saminêz

Conheça Charlie Grant: o folk e a força da intimidade e da exposição

Músico usa da metalinguagem para mostrar a necessidade da fragilidade e exposição, principalmente dentre homens.


Charlie Grant é cantor e compositor nascido no Reino Unido e traz em seu trabalho a intimidade do combo voz+violão na frente de qualquer floreio. Após lançar "Whatever Your Heart Desires", o músico se dedicou à "Wide Open", uma canção que fala abertamente sobre como a exposição tem uma força potente e motriz, traçando uma metalinguagem nítida com todo seu trabalho. A canção foi co-escrita por Jez Ashurst, amigo próximo de Charlie e conhecido por já ter trabalhado com artistas como OneRepublic, Leona Lewis e Maisie Peters.


Charlie conta que "Wide Open" surgiu rapidamente, por volta de 30 minutos, no fim da sessão de gravação de uma outra música, e que foi inspirada por uma fala de um homem num casamento que Charlie e Jez compareceram sobre como expor seus sentimentos pode ser difícil, mas sempre é gratificante. Para além disso, o músico mostra a partir das sutilezas um breve posicionamento em relação ao padrão masculino tóxico que impede os homens de terem um espaço de fragilidade e vulnerabilidade, e aponta na letra os perigos que essa falsa sensação de estar no controle o tempo todo pode gerar. Ouça "Wide Open" e conheça mais do trabalho de Charlie Grant no player abaixo:




  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Spotify
  • Deezer
  • iTunes

Todos os direitos reservados | Boteco Indie™.